Sem problemas, João Brigatti tem à disposição elenco bicolor completo

Sexta-Feira, 15/03/2019, 10:42:57 - Atualizado em 15/03/2019, 10:42:57

Diferente de muitos momentos do ano passado, sobretudo na reta final da Série B do Brasileiro, que culminou com a queda do time à Série C deste ano, o Departamento de Saúde do Paysandu não vem tendo tanto trabalho este ano. Os jogadores que têm se apresentado aos médicos do clube não têm se queixado de lesões graves que, por naturalidade, exigem um tempo mais prolongado de tratamento. Neste momento, todos os atletas estão à disposição do treinador João Brigatti, que assim vem contando com toda a “tropa” na montagem do time para enfrentar o Castanhal.

Diego Matos deve ser mantido na lateral esquerda na próxima partida. (Foto: Jorge Luiz/Paysandu)

Os últimos jogadores a passarem pelo DS bicolor foram o zagueiro Perema, o lateral-esquerdo Bruno Collaço e o volante Caíque Oliveira. Destes, o caso mais grave era o de Perema, que se recuperava de lesão no joelho esquerdo. Inicialmente, a previsão era de que o atleta não estivesse à disposição do treinador para o confronto com o Castanhal, domingo (17), na Curuzu. Mas, assim como os demais ex-hóspedes do DS, o atleta já se encontra treinando normalmente com o restante do elenco, embora esteja, o que é natural, um pouco abaixo fisicamente em relação aos companheiros.

PRECAUÇÃO

Apesar de contar com Bruno Collaço e Caíque, por medida de precaução, Brigatti dificilmente lançará mão dos atletas diante do Japiim. O treinador deve optar por deixá-los de fora, até pelo fato de o jogo seguinte da equipe ser contra o maior rival, o Clube do Remo, quando, aí sim, os dois, que ficaram certo tempo em tratamento, já deverão estar melhores condicionados fisicamente. Assim sendo, o treinador deve manter Diego Matos na lateral-esquerda e Jhony Douglas no meio de campo.

Experimentos na lateral, meio de campo e ataque 

Alan Calbergue treinou no lugar de Thiago Primão, no meio de campo. (Foto: Jorge Luiz/Paysandu)

Com o jogo de domingo (17), contra o Castanhal, na Curuzu, cada vez mais perto, o técnico João Brigatti busca encontrar a formação ideal para a oitava apresentação do Paysandu no Parazão, competição em que o time defenderá uma invencibilidade de sete partidas. Ontem, na única atividade do elenco no dia, o treinador comandou, pela manhã, no local do jogo, mais um treino de conjunto para o elenco, dando a ideia de que ainda tem algumas dúvidas na cabeça para definir a composição, que deverá contar com o retorno do lateral-direito Bruno Oliveira, livre de suspensão pelo terceiro amarelo.

Antes de chegar ao campo, a comissão técnica e jogadores se reuniu no auditório do hotel Antônio Diogo Couceiro. Em pauta, a montagem da estratégia de jogo a ser adotada diante do Japiim, que vem a Belém no desespero para tentar deixar a vice-lanterna do Grupo A1 do campeonato.

Já no gramado, o preparador físico Fred Pozzebon e seu assistente Roberto Onety, comandaram um aquecimento com bola. Posteriormente, João Brigatti e os auxiliares Alfredo Montesso e Leandro Niehues separaram os jogadores em dois grupos, dentro de um espaço reduzido. Enquanto um deles trabalhava com foco no sistema defensivo, o outro repetia jogadas de bola parada, cruzamento e finalizações. Por fim, com onze atletas de cada lado, os times realizaram o coletivo em todo o campo de jogo.

Brigatti aproveitou a ocasião para observar algumas formações e fazer substituições e ajustes durante a movimentação. A formação principal apresentou a seguinte composição, tendo Bruno Oliveira como novidade na ala direita, o que dá a ideia de que o atleta retoma a titularidade no posto do zagueiro Fábio Alemão, que atuou improvisado frente ao São Francisco. Mas as mudanças não ficaram restritas ao lado direito da defesa. O treinador também fez alterações no meio de campo e ataque.

FORMAÇÃO DO TIME

No compartimento do meio, Brigatti optou pela entrada de Alan Calbergue, no posto de Thiago Primão, enquanto que no ataque ele sacou Vinícius Leite e Paulo Rangel para aproveitar o garoto João Leonardo, que ainda não fez a sua estreia pela equipe, e Paulo Henrique. A formação teve Mota; Bruno Oliveira, Micael, Victor Oliveira e Diego Matos; Jhony Douglas, Alan Calbergue e Marcos Antônio; Nicolas, Paulo Henrique e João Leonardo.

(Nildo Lima/Diário do Pará)

gamepad

Vista a Camisa 13

Você pode vestir a camisa mais importante do esporte paraense.

Participe

thumb_up

GOL DA RODADA

Vote no melhor Gol da Rodada. Os melhores vão concorrer ao Gol Placa 13.

Participe

directions_run

GOL DO INTERNAUTA

Envie seu vídeo com o GOL mais bonito do time de futebol da pelada ou da quadra. Ele pode ser premiado!

Participe

Patrocínio

 

 

 

 

 

Apoio

 

Realização:

Coordenação: