Remo deve ir a campo com várias alterações para duelo decisivo do Parazão

Sábado, 20/04/2019, 09:23:33 - Atualizado em 20/04/2019, 09:23:33

Djalma (esq.) está recuperado de dores na costela, mas pode dar lugar a Ramires. (Foto: Octávio Cardoso/Diário do Pará)
Djalma (esq.) está recuperado de dores na costela, mas pode dar lugar a Ramires. (Foto: Octávio Cardoso/Diário do Pará)

Na desvantagem do placar agregado da final do Campeonato Paraense, o Clube do Remo entrará em campo, amanhã à tarde, perdendo. Dessa maneira, precisando reverter a situação logo no início do duelo decisivo diante do Independente, a equipe, que pregou ao longo da semana estudo exacerbado em cima do estilo de jogo rival, poderá ir com caras novas na onzena titular.

Com exceção do goleiro Vinícius, todas os setores contaram com alterações no treino.

Na zaga, Rafael Jansen retornou para a sua posição de origem ao lado de Kevem. O lateral-esquerdo Ronaell, que não atuava desde a quarta rodada do Estadual, treinou com os titulares. O jogador, que a princípio brigaria diretamente pelo corredor esquerdo, acabou perdendo espaço após se lesionar ainda no começo da competição e, consequentemente, observando os companheiros levarem prioridade na função.

No meio-campo, Djalma, que passou por um processo intenso de recuperação depois de sair com dores na costela, na partida anterior, deverá permanecer na cabeça de área. Porém, Ramires é cotado para entrar logo de cara, caso o paraense não esteja 100% fisicamente.

Dedeco, que tem sido uma das peças frequentes no miolo central, também pode ir para o banco, para dar vez a Diogo Sodré. A entrada de Sodré, aliás, dentre todas, é a que tem mais chances para ocorrer, devido a sua estatura, o que credencia para atuar ao lado dos companheiros mais centralizados.

ATAQUE

Com a rescisão de Edno na quinta-feira passada, ao invés da alteração na pequena área, a dúvida no setor ofensivo pairou em cima dos pontas, para gerar mais mobilidade no ataque. Gustavo Ramos ainda é o favorito, porém, com desempenho regular nas últimas apresentações, revezou nos treinamentos a posição com Alex Sandro e Mário Sergio.

SERENIDADE

De acordo com o goleiro Vinícius, único garantido, independentemente de quem for entrar, é preciso manter a cabeça no lugar.

“Só tem esse jogo. É tudo ou nada e para nós representa muito, porque é o título que está em jogo, algo que estamos batalhando desde o começo do ano. Todos estamos batalhando para isso e, se Deus quiser, vamos ser abençoados. Quem entrar em campo tem que defender essa camisa”, pontuou.

(Matheus Miranda/Diário do Pará)

gamepad

Vista a Camisa 13

Você pode vestir a camisa mais importante do esporte paraense.

Participe

thumb_up

GOL DA RODADA

Vote no melhor Gol da Rodada. Os melhores vão concorrer ao Gol Placa 13.

Participe

directions_run

GOL DO INTERNAUTA

Envie seu vídeo com o GOL mais bonito do time de futebol da pelada ou da quadra. Ele pode ser premiado!

Participe

Patrocínio

 

 

 

 

 

Apoio

 

Realização:

Coordenação: