Volante aposta na experiência para levantar a taça pelo Galo no Parazão

Domingo, 21/04/2019, 09:48:50 - Atualizado em 21/04/2019, 09:48:50

O jogador quer coroar sua história no Independente com um título estadual. (Foto: Maycon Nunes/Diário do Pará)
O jogador quer coroar sua história no Independente com um título estadual. (Foto: Maycon Nunes/Diário do Pará)

A equipe do Independente Tucuruí fez um trajeto regular até a sua confirmação como finalista do Parazão 2019. A vantagem contra o Remo, criada na semana passada por 1 a 0, se confirmada em qualquer empate nesta tarde, garante ao clube o seu segundo título Estadual, um feito inédito para times do interior do estado. O

que chama atenção nessa possibilidade, é a formação do elenco, em que a diretoria da equipe aposta em um misto de juventude, com Dedé, Jarí e Fazendinha, e de experiência, com Charles e Chicão. Este último, aliás, apesar dos seus 37 anos e títulos estaduais em outros eixos, tentará garantir o seu primeiro Parazão em cima da equipe que o formou para o futebol, que é o Leão Azul.

Embora presente no grupo campeão em 2003, o atleta não atuou com assiduidade. Ainda pelo Baenão, Chicão ajudou o Remo a subir à Série C, em 2015. De lá para cá, o atleta somou três passagens pelo Galo, equipe pela qual possui um carinho especial.

“Desde que voltei ao Pará o Independente abriu as portas. Foi daqui que voltei ao Remo e ajudei no acesso. Tenho um apreço enorme por essa camisa e vou lutar com todas as forças para somar mais esse título”, destacou.

Ciente que já não é mais nenhum garoto, o volante se vê em um dilema: seguir ou parar com a carreira, em caso da conquista do caneco.

“Já não tenho mais aquela juventude, mas tenho a experiência ao meu lado. Se vencer, posso encerrar por cima a minha carreira, mas também pode me dar gás para continuar. Digo que é um passo por vez e agora é concentrar nesse jogo, que é o mais importante”, comentou, ao destacar o fato de levantar o seu primeiro troféu do Paraense em cima do Remo.

“O Remo é uma equipe que sempre serei grato, reconheço isso. Mas hoje defendo outra camisa e sou profissional. Vai ser um jogo muito difícil, eles não vão querer perder para um time emergente, mas nós vamos com unhas e dentes para mostrar o nosso valor”, completou.

(Matheus Miranda/Diário do Pará)

gamepad

Vista a Camisa 13

Você pode vestir a camisa mais importante do esporte paraense.

Participe

thumb_up

GOL DA RODADA

Vote no melhor Gol da Rodada. Os melhores vão concorrer ao Gol Placa 13.

Participe

directions_run

GOL DO INTERNAUTA

Envie seu vídeo com o GOL mais bonito do time de futebol da pelada ou da quadra. Ele pode ser premiado!

Participe

Patrocínio

 

 

 

 

 

Apoio

 

Realização:

Coordenação: