Goleiro remista operou milagres do início ao fim do campeonato

Segunda-Feira, 22/04/2019, 08:36:57 - Atualizado em 22/04/2019, 08:36:57

Vinícius foi o grande personagem do Leão no bi; abaixo, a festa de Fernandes (Foto: Wagner Santana)
Vinícius foi o grande personagem do Leão no bi; abaixo, a festa de Fernandes (Foto: Wagner Santana)

Superação. Essa foi a palavra mais mencionada pelos jogadores do Remo depois da conquista do seu 46° título estadual da história, na noite de ontem, após triunfo por 2 a 0 em cima do Independente Tucuruí. A taça, que simboliza para grupo uma renovação e inspiração para a Série C do Nacional, que para os azulinos inicia no sábado (27) contra o Boa Esporte, em Belém, contou indubitavelmente com alguns valores que foram imprescindíveis, dentre os quais, o goleiro Vinícius foi considerado o melhor atleta da equipe.

 

Em defesas milagrosas em lances que para alguns goleiros seriam fatais, o camisa 1 ratificou mais ainda o seu nome como um dos grandes na história da instituição, com o seu segundo título do Parazão. De acordo com o arqueiro, esse é um momento ímpar. “Fico muito feliz de estar vivendo esse momento, de poder viver e levar isso para essa torcida maravilhosa que compareceu e sempre comparece para nos ajudar. Que esse título sirva de motivação para nós ainda mais, porque é muito difícil ser campeão”, disse, ao novamente enaltecer o poder de reação do elenco. “O reconhecimento é o que me faz treinar todos os dias, de batalhar para levar essa felicidade para esse clube. Não é só o Vinícius, todo mundo está de parabéns, os jogadores, os massagistas, a comissão técnica, os funcionários que estão com a gente no dia a dia. Esse título é deles também que ajudam a gente”.

Djalma comemorando o título. (Foto: Fernando Torres)

Já o volante Djalma, por ter grande parte da sua carreira associada ao maior rival, precisou na marra ter que se desvincular do tom mais claro de azul para ganhar moral com tom marinho. E o jogador conseguiu da melhor forma, ao atuar tanto como ala quanto meia, e ser uma das peças primordiais na campanha da manutenção do título. Para o jogador, essa foi uma das melhores escolhas da sua trajetória como profissional. “Eu atravessei a rua para ser feliz. E se Deus quiser no final do segundo semestre vais ser de novo, com alegria e com o acesso que esse clube merece muito. Não vai ser fácil como não foi agora, mas a vontade não faltar em continuar fazendo história”, pontuou.

ATUAÇÕES DO REMO

- Vinícius: Melhor jogador do Remo na partida e no Parazão. Nota 10

- Geovane: Sem tantos erros como nas partidas anteriores, conseguiu dar apoio aos companheiros. Nota 7

- Kevem: A final de não intimidou o jogador de 18 anos. Nota 8,5.

- Marcão: Realizou o dever de casa com segurança. Nota 7,5

- Rafael Jansen: Deu amparo à defesa nas jogadas aéreas. Nota 7.

- Djalma: Atleta mais regular azulino nas quatro linhas, porém, não foi tão efetivo na partida. Nota 6,5

- Douglas Packer: Mais uma vez o jogador não conseguiu chamar a responsa no meio-campo. Nota 6

- Yuri: Proativo na defesa e no ataque, fez a transição entre os setores e deixou o dele. Nota 8

- Gustavo: Fez uma apresentação coerente ao levar agilidade no ataque azulino. Nota 8

- Mário Sérgio: Louco para calar os críticos, foi um azougue no primeiro tempo. Caiu de rendimento como toda a equipe no segundo. Nota 7

- Emerson Carioca: Se esforçou para ser opção nas jogadas aéreas. Nota 6

- Diogo Sodré: Embora lento, conseguiu levar ao time um pouco de posse de bola quando o momento não era tão favorável. Nota 7

- Alex Sandro: Entrou no segundo tempo no lugar de Emerson Carioca para ajudar puxar o contra-ataque. Em belo chute, fez o gol do título. Nota 10

- Ramires: Opção técnica, entrou para prender o meio-campo na reta final. Teve a chance de fechar a fatura. Nota 6,5

- Márcio Fernandes: Cirúrgico. O destino fez o treinador montar a melhor formatação da equipe e contar com a inspiração dos jogadores na final. Partiu pra cima com três atacantes e colocou Alex Sandro em campo, autor do gol dotítulo. Nota 9

(Matheus Miranda/Diário do Pará)

gamepad

Vista a Camisa 13

Você pode vestir a camisa mais importante do esporte paraense.

Participe

thumb_up

GOL DA RODADA

Vote no melhor Gol da Rodada. Os melhores vão concorrer ao Gol Placa 13.

Participe

directions_run

GOL DO INTERNAUTA

Envie seu vídeo com o GOL mais bonito do time de futebol da pelada ou da quadra. Ele pode ser premiado!

Participe

Patrocínio

 

 

 

 

 

Apoio

 

Realização:

Coordenação: